(Revisão/Resenha) Guia politicamente incorreto da filosofia (Link de menor preço para comprar)


Oie, vou fazer uma review bem rápida desse livro maravilhoso <3
Sim, maravilhoso. Pelo menos para quem adora uma polemica como eu (adoron), o autor (Luiz Felipe Pondé) deixa claro no livro que quer nos atingir com suas frases. E realmente atinge!
Ele critica tudo, e eu adorei isso!

Sempre odiei bastante o "politicamente correto" e todas essas coisas consideradas "boas" pela sociedade, nesse livro o autor pode até criticar muitas coisas, mas diferente da maioria ele admite que faz o mesmo.
É um tipo de livro que te deixa com dó do mundo onde vive.
A maioria das mulheres não gostam muito do livro, pois para quem não sabe interpretar ele parece ser "machista", eu não achei. Até concordei com as partes em que ele fala sobre o feminismo, na maioria das vezes a mulher acha que deve ser idolatrada e às vezes ter mais direitos que o homem, apenas porque ela é mulher... A eterna vitima dos homens cof cof
Bom, vou deixar uns pedacinhos aí:

Acho que todo mundo deveria ler esse livro, sinceramente.
Amei e mal posso esperar para comprar a coleção completa :P
Se alguém quiser comprar clique aqui 



Beijos da Jubs.

Resenha: As vantagens de ser invisível, de Stephen Chbosky ( SPOILERS)

  As vantagens de ser invisível ( nome original The perks of being a wallflower) Stephen Chbosky, que foi lançado em 2007, mas chegou ao Brasil apenas em 2012, junto com sua adaptação para o cinema.

" Então, esta é minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim. "

 Charlie é um adolescente de 15 que acaba de entrar no Ensino Médio, ele é ancioso e tímido, e isso impede de ele se comunicar plenamente com as pessoas, o seu melhor e único amigo, Michael, se suicidou o deixando sozinho novamente.

 " Mas, desta vez, fui sozinho. Porque o Michael se foi. "

 Ele narra a história por meio de cartas que não sabemos para quem são e os nomes dos personagens são mudados afim de a pessoa a para quem ele manda as cartas não descobrir quem ele é.

" A dor precisava fazer sentido. "

  Tudo muda quando ele conhece Sam e Patrick, dois veteranos que o levam para um novo mundo que ele não conhecia, o mundo das festas, amores e drogas. E junto com esses seus dois novos amigos ele começa a mudar e a perceber que antes ele não vivia, apenas observava as pessoas vivendo.

" E naquele momento, eu seria capaz de jurar que éramos infinitos. "

  Charlie teve muitas percas e tristezas em sua vida, sua tia Helen, seu melhor amigo Michael, ele viveu muito tempo de sua vida indo em clinicas psiquiátricas. Nem todo leitor percebe, mas Charlie é esquizofrênico. Sua tia Helen morreu no aniversário dele, indo comprar seu presente, e ele se culpa pela morte dela. O livro conta a vida de Charlie, problemas familiares, decepções amorosas, sua primeira festa, etc. É um livro bem complexo, mas fácil de ser compreendido.

" Não sei o que há de errado comigo. É como se tudo o que pudesse fazer é escrever esse palavreado para evitar a depressão. "

  Algumas pessoas acharam o final do livro meio perturbador, pois está muito confuso e não dá para entender nada, por isso é bom assistir o filme, - Que incrivelmente  é bem fiel ao livro - Mas se a pessoa prestar atenção, dá para perceber que ele teve um surto, e o final, a não ser como o epílogo, soa como um suicídio.

" Espero que você pense o mesmo. Tudo bem, então. Adeus."



Resenha : O ladrão de raios (SPOILERS)

  Oi gente,hoje eu vou fazer resenha de O ladrão de raios,o primeiro livro da  saga do Percy Jackson & os olimpianos.
    É a história de um garoto chamado Percy Jackson,que foi expulso de todas as escolas que estudara. Seu melhor amigo,Grover,estuda com ele em um internato,a academia Yancy. Um dia em uma visita ao museu com a escola,ele é atacado por a Srta. Dodds,sua professora de matemática,seu professor de Latim, sr. Brunner,joga uma caneta para ele,e quando ele pega,é uma espada,ele dá um golpe na srta. Dodds,e ela se esvai em pó. Nas férias,ele vai para Long Island com sua mãe,quando,no meio da noite,começa uma tempestade. Grover bate na porta do chalé deles,mas ele está sem calça,ele é metade bode. Eles pegam o carro e vão as pressas para um acampamento,Percy não estava entendendo nada,quando eles estão quase chegando,são atacados pelo Minotauro. Grover está desacordado,Percy consegue matar o Minotauro,arrancando o chifre dele,mas o Minotauro leva a mãe dele junto. Percy entra no acapamento com Grover,e desmaia,quando acorda,Grover mostra o acampamento para ele e leva ele para conhecer Quiron,o diretor do acampamento, ele explica que Percy é um semideus,metade mortal,metade imortal,mas  que ainda não sabem quem é seu pai olimpiano, logo ele conhece Annabeth,que explica as coisas sobre o acampamento e deuses gregos para ele. Ele fica no chalé de Hermes,que é onde ficam os campistas que ainda não sabem quem é seu pai ou mãe olimpiano. Três dias depois,ele descobre que é filho de Poseidon,o deus dos mares e dos terremotos,oferecem uma missão para ele,para recuperar o raio que  fora  roubado de Zeus,o deus dos céus.
   Ele aceita a missão. E junto dele vai Grover e Annabeth,filha de Atena. Ele vai para essa  missão,e é atacado por vários monstros,recupera o raio,Traz sua mãe de volta,visita o olimpo,e conversa com seu pai,Poseidon.
   Eu gostei desse livro,não é o meu preferido da saga,mas eu gostei bastante. Não é um livro perfeito,o que eu não gostei,é o fato de ser muito previsível,e não ter muitos detalhes,você fica meio sem saber o que está acontecendo,mas eu recomendo muito.


#HelpSuipa

SUIPA VIVA
Boa tarde pessoal,o blog mal teve um post de apresentação mas eu vim aqui para falar de uma coisa séria,a SUIPA - SOCIEDADE UNIÃO INTERNACIONAL PROTETORA DOS ANIMAIS está com seus dias contados e para que isso não aconteça eles precisam de 50.000 assinaturas virtuais para uma super divida deles ser perdoada,para entender melhor a situação veja o vídeo do Youtuber Felipe Neto abaixo:
Para ajudar no abaixo assinado clique aqui e suba a Tag no Twitter também,viu?
Obrigado !